Tratamento de infecções subcutâneas graves.

25/07/2017

A Terapia Hiperbárica é indicada para o tratamento de infecções severas de tecidos moles: celulites e fasciites. Para estes casos, em que a infecção normalmente está localizada abaixo do subcutâneo, o tratamento hiperbárico é direcionado para otimizar o tratamento antibiótico e minimizar os riscos de complicações severas. Vale lembrar que a indicação é para os casos infecciosos e não para aquelas celulites esteticamente indesejáveis.

Tratamento da Síndrome de Fournier.

25/07/2017

A terapia hiperbárica é altamente recomendada para o tratamento da Síndrome de Fournier, que é uma forma específica de gangrena e que se manifesta como infecção dos tecidos moles da região pélvica. Por ser uma patologia grave e que possui altos índices de mortalidade, as sessões na Câmara Hiperbárica são importantes agentes complementares no tratamento, principalmente no período pós-cirúrgico, agindo de maneira eficaz para ajudar no...

Como prevenir o “Pé Diabético”?

16/09/2016

Feridas que surgem em decorrência de problemas na circulação sanguínea nos membros inferiores, ocasionados pelo descontrole dos índices de diabetes, são chamadas de “Pé Diabético”. Para evitar esse tipo de complicação, algumas dicas são importantes: – Examinar os pés diariamente, a fim de identificar mudanças na coloração da pele, frieiras, calos, escamações ou feridas. – Manter os pés sempre limpos, utilizando água morna e secá-los...